html Blog do Scheinman: Juiz catarinense determina demolição de casa onde filme pornô foi gravado

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Juiz catarinense determina demolição de casa onde filme pornô foi gravado

"O juiz Helio do Valle Pereira, da 3ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital, em Santa Catarina, julgou procedente ação civil pública proposta pela Floram (fundação de meio ambiente) para determinar a demolição da casa de veraneio onde foram gravadas as cenas do filme erótico “Diabas Catarinenses”.
Segundo informações do tribunal catarinense, a residência —pertencente ao argentino Roberto Adrian Álvares— foi edificada em área considerada de preservação com uso limitado, que proíbe cortes de árvores de forma indiscriminada e a retirada, exploração ou destruição de pedras. Além disso, a obra, que não possuía qualquer licenciamento junto aos órgãos públicos, está localizada a apenas oito metros de um curso d’água, na praia do Saquinho, no Sul da Ilha.".
Achei essa notícia no Última Instância do dia 03 de abril p.p..
O título me chamou a atenção...
Nunca vi uma ação demolitória cujo fundamento tenha sido "sacanagem"no sentido literal da palavra. É o que entendi quando li o título da nota...
O fato é que a demolição da casa foi determinada por questões de ordem ambiental, eis que sua edificação comprometeu uma parte da praia onde foi erguida...
Confesso que por um momento pensei que S. Exa. determinou a demolição da casa em razão da destruição do saquinho de alguém ou do tronco de algum artista do filme.
Vai entender!

Nenhum comentário: