html Blog do Scheinman: Noia no meu iglú!

terça-feira, 8 de abril de 2008

Noia no meu iglú!

Tava aqui pensando que quando eu era muleque se dizia que no tribunal tinha pinguim... Pinguim era o juiz de primeira instância que funcionava como desembarga, mas que no fundo, no fundo, bem lá no fundo, era juiz mesmo, mas que trabalhava dobrado. O Jeremiah aqui coleciona pinguim. E, se um dia eu entrar no tribunal, vou querer ser pinguim e não desembargador. Quando a galera entrar na sessão vai ser qui nem a Marcha dos Pinguim, só que sem carregar os ovos e sem aquele ventão que sopra frio-frio a não ser que os split tiver ligado no máximo...
Qualquer dia desses, lá na Praça Cróvis, do lado daquele predião bonito do Tribunal, vai ter um baita dum iglú com espaço pra todo o rebanho de pinguim pra dar conta de todos os processos.
É uma boa solução pro caos do judiciário, né? Esse iglú vai ser maneiro.
Dá até pra abrir um Pinguim (aquele do chopps de Ribeirão) lá dentro... Com certeza os desembarga do prédio vizinho, às trêis da tarde vão comer um jacaré e tomar um picolino lá no meu iglú... Perolei.

Nenhum comentário: