html Blog do Scheinman: Juíza e policial são presos depois de confusão em hotel

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Juíza e policial são presos depois de confusão em hotel

Uma juíza do Trabalho e um agente da Polícia Federal foram presos neste domingo (16/11) em Curitiba (PR), depois de uma briga com os funcionários de um flat no Centro da cidade. Um funcionário do flat prestou queixa contra o policial por tentativa de homicídio.
Segundo informações do portal Paraná Online, a confusão começou depois que o agente federal do Pará, Cláudio Vinícius Nogueira de Oliveira, se recusou a preencher o cadastro para passar a noite no flat em que já estava hospedada sua namorada, a juíza do trabalho no Mato Grosso, Rafaela Barros Pantarotto. Embrigado, o policial apontou a arma para o porteiro, que entregou uma chave ao casal e, em seguida, chamou a polícia.
A chave, porém, não abriu a porta do apartamento, que foi então arrombada pelo agente. Ao entrar no quarto, o casal se deparou com uma hóspede de 70 anos, assustando a anciã. Irritado, Cláudio voltou à portaria e novamente ameaçou o funcionário com a arma. O segurança da casa tentou desarmar o policial, que disparou dois tiros, mas não chegou a atingir ninguém.
Os policiais militares chegaram e prenderam o agente em flagrante. Ainda segundo o relato do jornal, a juíza, embriagada, ofendeu os militares e também foi autuada, por desacato. Assim que chegou ao 1º Distrito Policial de Curitiba, Cláudio chutou e quebrou a porta de sua cela.
Os dois ficaram detidos até esta segunda-feira (17/11). O agente foi libertado por meio de um Habeas Corpus e a juíza também foi liberada. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Federal, as atitudes de Cláudio Oliveira serão apuradas por uma comissão de disciplina, além do inquérito pela suposta tentativa de homicídio. Caso seja considerado culpado, pode ser exonerado do cargo. (Fonte: Conjur)
Bonito, heeeeeeemmmmmmm!!!!
Coice do Dr. Bardotto pra eles.

Um comentário:

betosuperstar disse...

Por favor explique uma coisa a um total leigo, tentativs de homicidio sempre tem habeas corpus no dia seguinte? ou é só quando tem juiza e policial federal envolvido? Se esse é um padrão, a sociedade esta lascada, eu ja vou entrar em um conçórcio pra comprar meu carro blindado assim eu fico seguro contra ladrões, sequestradores, juizaz e policiais federais.

Até mais