html Blog do Scheinman: Empresa que não filmou casamento deve indenizar noivos

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Empresa que não filmou casamento deve indenizar noivos

Uma empresa que foi contratada para filmar um casamento, mas não o fez, deverá pagar indenização por danos morais e materiais aos noivos e ao pai da noiva. A decisão é da 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.
O pai da noiva deu de presente para o casal o serviço de filmagem, e pagou R$ 400 antecipado. Mas, a empresa não foi para a cerimônia e nem explicou o motivo. Por isso, os três entraram com uma ação pedindo danos morais e materiais.
A empresa sustentou que a família não provou ter sofrido danos, mas para o juiz da 13ª Vara Cível de Belo Horizonte, Llewellyn Davies Medina, que fixou a indenização por danos materiais em R$ 400 e a indenização por danos morais em R$ 1 mil para cada um dos três. O TJ-MG manteve a sentença.
O desembargador Nicolau Masselli, relator, sustentou que os autores “sofreram prejuízos em sua integridade psicológica, pois perderam a oportunidade de ter filmado um momento único em suas vidas”.
Apenas fiquei me perguntando se, na ocorrência de separação posterior do casal - quando, em regra, a película, dvd, não tem lá mais muita utilidade - há a excludente de responsabilidade???
É isso.

2 comentários:

Cris disse...

Maurício,
Você está partindo do presuposto que haverá um separação. Quando as pessoas se casam, esse pensamento não está habitando suas mentes e sim o tal 'felizes para sempre'. Eu concordo que a empresa deve ser punida porque realmente o momento é único, mesmo havendo separação, o dvd serve para advertir o casal de não reincindir. Sucesso.

Helena disse...

"o dvd serve para advertir o casal de não reincindir. Sucesso."

Gostei dessa ...

Mas sim, realmente as pessoas casam-se com tudo na mente menos no divórcio e deve ser sempre assim.