html Blog do Scheinman: Conselho de medicina abre sindicância para apurar erro médico em plástica

quarta-feira, 11 de março de 2009

Conselho de medicina abre sindicância para apurar erro médico em plástica

O Cremesp (Conselho de Medicina de São Paulo) confirmou na manhã desta quarta-feira que foi aberta uma sindicância para investigar se a morte da dona-de-casa Adriane Mabi Lafrate, 35, foi causada por erro médico. A paciente morreu na segunda-feira (9), uma semana após passar por uma cirurgia plástica no HC (Hospital das Clínicas).
Segundo o conselho, a investigação deve acontecer sob sigilo e vai analisar laudos e prontuários de Lafrate. Após o levantamento de dados, o conselho deve decidir se o médico, que não teve o nome divulgado, será julgado ou não. No caso de julgamento, ele pode receber punições que variam desde uma advertência até a cassação de seu diploma. Não existe um prazo para a conclusão da sindicância.A paciente passou pela cirurgia plástica na no dia 2 de março e no setor do HC que atende pacientes com planos de saúde. Segundo o hospital, a intervenção ocorreu sem nenhuma complicação e, no dia seguinte, Lafrate recebeu alta.Segundo a Secretaria de Saúde de São Paulo, a paciente deu entrada no Hospital Geral São Mateus na madrugada de quinta (5), com febre, dores e dificuldade para respirar.
Após ser atendida na emergência do hospital, a paciente apresentou piora e precisou ser transferida para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas ela não resistiu e morreu na noite de segunda, devido a uma infecção generalizada.
A questão não é nova. Já há muitos processos em nossos tribunais acerca da responsabilidade civil e o erro médico, tendo sido inclusive matéria de postagem aqui no blog (vide http://blogdoscheinman.blogspot.com/2008/08/cirurgia-plstica-erro-mdico-e.html) mas, penso que é importante que os órgãos de classe, no caso o Cremesp, deixem o corporativismo de lado e partam para uma postura pro-ativa, investigando as atividades de seus membros e punindo-os, em caso de dolo ou culpa, de maneira exemplar.
É isso.

Nenhum comentário: