html Blog do Scheinman: Aumenta adesão à campanha contra uso de sacolas plásticas

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Aumenta adesão à campanha contra uso de sacolas plásticas

Com a participação da secretária de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do MMA, Samyra Crespo, o presidente da CPFL Energia, Wilson Ferreira Jr., formalizou oficialmente na sexta-feira (28/08) a adesão da empresa à campanha "Saco é um Saco", lançada pelo Ministério do Meio Ambiente em junho deste ano.

A representante do MMA destacou que as sacolas plásticas, apesar de parecerem "inocentes" (na falsa aparência de não oferecer riscos), na verdade são causadoras de grandes tragédias e a campanha para limitar o seu uso é muito importante. "Elas são uma das maiores responsáveis pelas enchentes, provocam desligamentos de energia elétrica e a morte de animais marinhos", disse Samyra.

A campanha "Saco é um Saco" conta com a adesão de 15 grandes empresas que atuam no setor varejista nacional e ela espera que esse número aumente. "O mercado responde à demanda e a própria indústria vai apostar em novas soluções tecnológicas se a sociedade parar de demandar sacolas plásticas", disse ela.

"Nós queremos uma avalanche de adesões para a campanha ganhar peso e, agora, contamos com a credibilidade da CPFL", afirmou Samyra.

O presidente da CPFL Energia explicou que o mundo vive um momento de adaptação em relação ao aquecimento global. "Precisamos do consumo consciente, e um desses temas é a redução no uso de sacolas plásticas", disse.

A CPFL Energia se comprometeu em contribuir de diferentes formas. A empresa distribuirá 7,2 mil sacolas de tecido para seus funcionários diretos e outras três mil unidades para fornecedores de serviços e produtos.

Mais de cinco milhões de clientes ligados em baixa tensão das 306 cidades de São Paulo, Minas Gerais e Paraná receberão entre os meses de agosto e outubro mensagens em suas contas de luz sobre a campanha.

Além disso, vai desenvolver spots para rádio e um comercial para televisão. "Nós atuamos num mercado com cerca de 20 milhões de pessoas e sentimos que temos como atuar de forma positiva para incentivar a redução no uso dessas sacolas descartáveis", informou o presidente da Companhia. (Fonte: CPFL Energia).

Um comentário:

Francisco Castro disse...

Olá, Maurício!

Felizmente essa idéia está sendo abraçada por muitas pessoas, empresas e segmentos da nossa sociedade. São idéias que são fundamentais para melhorar as condições ambientais de nosso planeta.

Abraços

Francisco Castro