html Blog do Scheinman: Espanha: Parlamento catalão proíbe touradas a partir de 2012

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Espanha: Parlamento catalão proíbe touradas a partir de 2012

O Parlamento da Catalunha proibiu hoje (28/7) touradas a partir de 1º de janeiro do 2012. Com 68 votos a favor, 55 contra e 9 abstenções, a Câmara regional catalã deu sinal verde à Iniciativa Legislativa Popular (ILP), avalizada por 180 mil cidadãos, que pedia a proibição dos eventos, considerados uma das marcas culturais da Espanha.

Trata-se da segunda região espanhola a proibir os festejos envolvendo os touros. A primeira foi a das ilhas Canárias (no Atlântico) que instituiu uma lei de proteção de animais em 1991.

A votação de hoje em uma sessão na Câmara regional, formada por 135 parlamentares, coloca fim a um processo que iniciou em novembro de 2008 e gerou grande expectativa social, política e da mídia, acompanhado sempre pelo olhar atento dos países com tradição taurina como Equador, Colômbia, França, México, Peru, Portugal e Venezuela.

A Iniciativa Popular Legislativa (ILP), que pedia o veto da lida, foi promovida pela plataforma Prou! (Basta!) em defesa dos animais, enquanto o espetáculo taurino como manifestação artística tradicional é um dos argumentos mais generalizados entre os defensores.

Apesar de só estar vigente em Barcelona, na Catalunha, uma das regiões mais ricas da Espanha, existem outras tradições com touros, como os "correbous" - espetáculos de rua com touro, onde os animais têm fogo ateado às hastes, mas não são sacrificados.

Com a decisão do Parlamento da Catalunha, abre espaço para a incerteza sobre o futuro das corridas em um país onde o toureio está identificado por amplos setores sociais como "Festa Nacional". (Fonte: Agência Efe)

Nenhum comentário: